2 de fev de 2012

The Rest Of My Life Capitulo 8

- Justin! – Chamei ainda o cutucando – o que houve ?
Ele nem se moveu, então resolvi o balançar mais forte.
- juustin – chamei o balançando forte
-Oi – respondeu ele se espreguiçando – me desculpe não ouvi voce chamar!
- aff – disse raivosa – pensei que você estivesse mal! – disse ao perceber q ele estava era dormindo
- mas eu estou – ele disse com uma expressão triste – é que aconteceu algo ruim!
- o que foi ? – perguntei curiosa e com uma expressão não reconhecida
- é que ontem o carro da minha mãe foi destruído por vândalos – ele disse triste –  e o pior o carro não era realmente dela, era do trabalho dela e agora ela foi despedida. – ele disse ainda triste, mas olhando pra mim
Nesse momento uma culpa enorme tomou conta de mim, foi ai que lembrei do que ele havia em dito naquela noite em que ele me acompanhara ate a porta de casa “Eu moro na rua dês traz caso precise de algo, é uma casa roxa”  meu Deus, eu havia escolhido o carro pra que Ronnie Mari e os outros destruíssem, a culpa da mãe dele estar desempregada era minha. Meus pensamentos foram interrompidos pela voz doce e triste de Justin.
- ei, acorda a professora já ta na sala – ele disse rindo fraco mas com uma expressão ainda triste
Prestei atenção na aula, ou melhor tentei prestar atenção, as três aulas passaram-se rapidamente e durante elas o remorso e a culpa de ter levado tristeza a uma família tomavam cada vez mais conta de mim. Chegou a Hora do intervalo  sai da sala e dei de cara com Tommy, ele se quer olhara para mim então fui ao encontro de Ronnie Janete e Mari.
- ei – todas disseram juntas
- Oi – disse forçando um sorriso – Ronnie preciso falar com você! – disse a chamando para um canto!
-O que foi Jane? – disse ela olhando atentamente para mim – aconteceu algo ?
- aconteceu sim – disse baixo – o carro – disse gaguejando – era da mãe do Justin! – disse enfim desabafando
- Ah Jane relaxa, já passou – ela disse rindo – esquece isso, amanha temos outro trabalhinho para fazer! – ela disse num tom desconhecido por mim e deu uma risadinha maléfica
- não vem que não tem Ronnie – disse com raiva – se pra ser dos eu grupinho é preciso der vândalo ...
- fala baixo garota – Ronnie me interrompeu puxando forte o meu braço – você entrou agora, ainda não ta acostumada, mas não e nada a ver com isso não fica tranqüila, o trabalhinho de amanha é pra ajudar o Crush
- ok, agora pode me soltar?- perguntei ainda nervosa – você ta me machucando Ronnie! – disse sentindo ela apertar ainda mais o meu braço
- Hey Ronnie, solta ela – Tommy disse se aproximando e fazendo com que ela me soltasse
- Sai daqui Tommy, não preciso de sua ajuda! – disse raivosa
-  E quem me garanti isso Ronnie? – ele disse se aproximando de Ronnie e ficando na minha frente- você tava apertando o braço dela!
- Só estávamos conversando – Ronnie disse levantando as mãos – não é Jane ? – ela disse olhando pra mim com uma cara feia
-é sim – disse empurrando Tommy – e aliás, não tenho que te garantir nada! – disse bufando
-É assim agora Jane ? – ele disse bravo – eu te ajudo e você não tem o mínimo de consideração? – ele disse bufando
- O que ta acontecendo aqui? – Justin disse se aproximando e colocando a mão esquerda em meu ombro- ele ta te incomodando Jane? – ele disse encarando Tommy
- Não Justin! – disse tentando moderar a minha voz – vamos sair daqui! – disse e sai de la com o Justin
Fomos pro pátio, eu fui indo pro banco onde eu sempre ficava quando eu e Tommy éramos amigos, Justin não disse nada apenas me acompanhou. Sentei no banco e fiquei de fitando um galho com umas folhas verdes que estava no chão próximo ao meu pé, Justin sentou ao meu lado o silencio tomou conta daquele lugar por um tempo, depois foi quebrado pela voz dele.
- você e Tommy estavam brigando por que ? – ele disse balançando a cabeça e logo depois olhando pra mim
- nada justin! – eu disse ainda fitando o galho próximo aos meus pés
- se você quiser se abrir Jane, pode falar comigo! Voce é importante para mim! – disse ele colocando a uma mão em meu ombro
- não preciso de Naada Justin! – disse ignorante levantando de la e indo em direção a quadra
Ele se levantou e foi embora, depois fiquei me culpando milhares de perguntas se formaram em minha mente  “Por que eu fora tão ignorante com ele?” afinal ele nao havia feito nada “Por que ele se importara comigo?” meus pensamento foram interrompidos pelo sinal . Fui pra sala, entrei e sentei em meu lugar, justin nem olhara para mim em momento algum. As duas aulas se passaram rápido e  logo chegou a hora de ir embora fui surpreendida por Tommy enquanto eu esperava Joe em frente o portão da escola.



Ei gente me desculpem pela demora! (= E desculpem por ser um capitulo pequeno se hoje tiver pelomenos 3 comentarios posto outro capitulo ainda hj *-* bjs

4 comentários: