30 de jan de 2012

The Rest Of My Life Capitulo 7

Desci correndo pra atender, estava estressada por causa da briga com Tommy e mais estressada ainda por meu irmão e meu pai terem saído e me deixado La sozinha abri a porta e imediatamente a fechei quando vi quem era.
- espera – Tommy disse empurrando a porta – preciso falar com você!
- não temos mais nada pra conversar – disse empurrando a porta mais forte
- temos sim Jane! – ele disse empurrando mais forte ainda
- você tem 5 minutos pra falar o que quer – disse rude abrindo a porta
- não vai me chamar pra entrar ? – ele disse rindo
- não – disse brava – e não tem graça!
- bom, é que eu queria te deixar claro que não quero mais a sua amizade – ele disse serio e olhando em meus olhos – e vim buscar o cordão da amizade que te dei preciso dele – ele disse apontando pro meu pescoço
- ata – disse tirando o cordão – toma – disse jogando em cima dele e entrei
Fui correndo pro meu quarto fiquei la trancada, chorei algumas vezes me perguntando “porque isso Tommy ?” “O que eu fiz de errado ?” “porque você me abandonou?”  e fui interrompida pelo meu celular tocando no visor tinha escrito “Tommy sz” eu fui tomada pela raiva e arremessei o celular pela janela e voltei a chorar. Quando mais uma vez a campainha tocou, deixei-a tocando, eu sinceramente não estava a fim de receber nenhuma visita continuei deitada desabando em lagrimas a única coisa que eu precisava era de um abraçobem forte so isso, e a campainha insistiu tocou continuou tocando eu cansada de ouvi-la decidi descer, quando abri a porta me deparo com Justin, ele estava segurando meu celular.
- o que houve ? – ele disse preocupado – voce esta chorando! – ele disse reparando meus olhos vermelhos e a maquiagem borrada
- nada - disse arrancando meu celular de sua mão – obrigada por pegar pra mim!
- sei que aconteceu algo, - ele disse sincero olhando atentamente para mim – é o Tommy ?
Assim que ouvi o nome dele não agüentei e me joguei nos braços dele, o abraçando bem forte o abraço dele era reconfortante ele me passava um carinho enorme,  e eu tentei não chorar mas foi em vão acabei desabando em lagrimas.
- heey, não chora! – disse ele me abraçando mais forte – não fique assim Jane! Quer conversar? – disse ele num tom sincero
- Não – disse me afastando dele rapidamente e entrando em casa.
Fechei a porta na cara dele e subi, eu estava morrendo de vergonha por ter me atirado nos braços dele, mas eu precisava tanto de um abraço e ele ainda por cima foi falar no Tommy, eu não consegui me conter e acabei não resistindo. Subi correndo, lembrando o que tinha feito me joguei na cama e apaguei.
Se passaram rapidamente  uma semana e eu e Tommy nem conversávamos mais, a prova que fiz com Justin foi entregue tiramos 9 de 10 estava ótimo né eu não tinha feito nada, Justin sempre tentava se aproximar de mim e eu vivia com uma expressão triste ate ser convidada para entrar pro grupo da Ronnie, umas garotas meio loucas da escola o grupo era composto por 3 garotas a Ronnie, Janete e Mari  e agora Eu era a mais nova integrante do grupinho.
No fim de semana nós tínhamos combinado de ir a uma festinha de uns amigos delas pra elas me apresentarem ao “povo delas” elas se vestiam meio parecido comigo mais eu ainda tive que mudar um pouco o meu jeito de vestir tive que vestir menos coisas meigas e vestir mais coisas pesadas. Faltavam algumas horas para a festinha e eu estava no meu quarto ouvindo musica o som estava no volume Maximo estava tocando Open your eyes – Snow Patrol enquanto eu me arrumava escolhi minha roupa ( essa ) me vesti e depois desci pra esperar as meninas chegarem! Quando elas chegaram eu tive vontade de subir e tocar de roupa elas estavam totalmente diferente de mim, nem pareciam que iriam pra uma festa, elas estavam com uma roupa toda largada eu ignorei meus pensamentos e entrei no carro, tinha um garoto no carro se agarrando com a Mari ao meu lado eu tentei ignorá-los mas era quase impossível eles estavam quase se sufocando daquele jeito. No carro tocava uma musica de rock não reconheci na verdade não dava nem pra ouvir alguém cantando  o barulho dos instrumentos era mais alto era uma barulheira muito louca, eu estava me sentindo um peixe fora da água.
Logo chegamos a tal casa onde estava rolando a festa,  saímos do carro e fomos ate a porta todos se cumprimentaram e ficaram me olhando de rabo de olho, até que Ronnie me apresentou eu me enturmei um pouco com alguns caras que tinham la eles pareciam bem legais ficamos conversando e fui me enturmando cada vez mais. Quando estava quase na hora de ir embora meu celular toca.
- alo – disse me afastando  do grupo
- minha filha, onde você foi ? saiu de casa e ainda deixou o som ligado – disse minha mãe num tom bravo – e que barulho e esse Jane ? vem embora agora! – ela ordenou
- to numa festa com minhas novas amigas – disse insignificante – não vou embora agora!
- vem agora Jane – ela disse brava – ou ...
Nem esperei ela terminar desliguei o celular e voltei pra perto do grupo, ficamos conversando la e quando era mais ou menos 3 horas da manha fomos embora elas me deixaram em casa, nos despedimos.
- Jane – disse Ronnie – amanha temos que nos encontrar no parque! Vamos fazer um trabalhinho – ela disse rindo fraco
 Eu apenas assenti com a cabeça e depois entrei em casa, fui direto pro meu quarto quando entrei me deparo com minha mãe na minha frente com cara de brava.
- isso são horas de chegar Jane – ela disse brava e apontando pro relógio em seu pulso – você não vai sair esse final de semana – ela disse brava e saindo do quarto
- quem disse que não? – eu disse a desfiando e fechando a porta
- moçinha olha aqui – ela disse se virando e batendo de cara com a porta – abre agora Jane – ela disse batendo na porta
- não abro nada – disse deitando em minha cama
Depois não ouvi mais nada, simplesmente apaguei!
Acordei cedo e recebi uma mensagem da Ronnie.

“ Estamos te esperando na 3ª arvore perto do Chafariz no parque as 11 horas”

Respondi a mensagem.

“ok”

Eu olhie no relógio e já eram 10 horas me levantei correndo fiz minha higiene vesti um shorts e uma camisa preta escrito “I Hate U” calsei um all star e sai do quarto desci passando de pressa para que minha mãe não me impedisse de sair e fui até o parque. Chegando la fui até o lugar indicado e fiquei esperando.
Logo as meninas chegaram, e chegaram alguns caras com elas reconheci alguns da festa ontem os cumprimentei  apenas um sorriso.
- Bom gente, nós vamos nos dividir para o trabalhinho – Ronnie disse com um sorriso no rosto – você Jane vem comigo Mari, Janete , Jone e Crush  e o restante vai junto – ela ordenou – nós vamos pra la, e vocês pra la ok – ela disse apontando
Todos apenas assentiram e fomos andando para o lado indicado.
- o que vamos fazer?- perguntei
- um trabalhinho que sempre fazemos Jane – Mari disse andando com
Ronnie riu, e continuamos andando vi que estávamos entrando na rua de traz da que eu moro fomos seguindo em frente.
- Ei, escolha um carro Jane – Ronnie disse sorrindo
- pra que? – disse confusa
- Logo você vera – Mari disse sorridente
- ah, qualquer um Ronnie – disse sem entender nada – talvez aquele preto ali – disse apontando pra uma ranger over estacionada em frente a uma casa roxa muito charmosa.
- Ok – ronnie disse se abaixando
Ela se abaixou e pegou uma pedra, enquanto Mari segurava um pedaço de pau  elas atacaram o carro e o alarme soou.
- corre – disse Ronnie correndo
Eu não entendi o porque estragar aquele carro, mas corri quando já estávamos longe da rua paramos de correr.
- porque fizeram aquilo ? – disse confusa
- Se acostume Jane – Ronnie disse rindo – e você agora faz parte do grupo – deixamos você escolher um porque é o seu primeiro – ela disse rindo fraco
Meu celular tocou era uma ligação da minha mãe, resolvi não atender. Eu continuei o dia todo com as meninas Mari se encontrou com o namorado e não se desgrudavam um só momento aquilo sinceramente estava me irritando, eu e Ronnie ficamos conversando. Passamos o dia juntas e quando era mais ou menos umas 9 horas da noite resolvi ir embora afinal amanha era segunda e teria aula.
Na segunda bem cedo acordei com minha mãe gritando, levantei e vi que estava atrasada, eu me arrumei mega rápido e desci.
- ué cadê o Joe ? – disse confusa
- esta na casa de seu pai – ela disse seria – vamos!
Peguei uma furta e a devorei no caminho, chegando na escola eu estava sentada no meu lugar de sempre e vi que Justin estava de cabeça baixa. Me aproximei e sentei em meu lugar, vi que ele não puxou papo e muito menos levantou a cabeça então pensei que seria algo serio e o cutuquei.

POSTO O CAPITULO 8 COM 5 COMENTARIOS! (=

24 de jan de 2012

The Rest Of My Life Capitulo 6

-Tommy? – disse me levantando, e indo abraçá-lo
- nada – ele disse rejeitando meu abraço e me empurrando.
- heey – disse com raiva – o que eu aconteceu ? ta doido é – disse bufando
- não – disse ele indo pro pátio
- espera Tommy – disse indo atrás dele – o que houve? você ta estranho comigo!
- não Jane, não é nada com você sou eu! – ele disse colocando a mão na cabeça e puxando de leve seus cabelos pretos
- porque Tommy? – disse colocando a mão em seu braço esquerdo – o que aconteceu? Você sabe que pode confiar em mim.
- não Jane, em relação a isso, não seria uma boa idéia – ele disse abaixando a cabeça – não posso falar isso pra você!
- Ta Tommy, não precisa falar – disse colocando a mão em seu queixo e erguendo sua cabeça – mas lembra das nossas promessas quando pequenos? Que não iríamos nos separar nunca, que iríamos ser sempre unidos, sempre melhores amigos? – disse rindo fraco ao me recordar desses momentos – só continue as cumprindo!
-  Me desculpe Jane – ele disse me abraçando – mas sinceramente não da mais! – disse me soltando
- O que? –  disse o olhando confusa e segurando para não chorar ali – porque? Não to conseguindo te entender! Ontem mesmo você disse que me amava, e hoje simplesmente chega atrasado como você vem fazendo e diz que não quer mas ser meu amigo ? – disse deixando uma lagrima escorrer dos meus olhos – e isso mesmo Tomás? – eu nunca o chamava pelo seu nome mas acabei chamando
- sim Jane, é isso mesmo – ele disse e se afastou de mim
Eu fiquei ali no pátio, sentei no banquinho que ficava escondido por uma arvore, e comecei a chorar, eu ouço um barulho olhei logo pensando que poderia ser Tommy arrependido do que disse, mas não, era o Justin que fez uma cara triste ao me ver chorando.
-o que aconteceu Jane? – ele disse se sentando ao me lado
- Nada – disse chorosa e enxugando as lagrimas – vamos pra sala! – disse me levantando
- eu sei que aconteceu algo, eu vi o Tommy saindo daqui – disse ele num tom desconhecido por mim – me fala Jane, eu só quero ajudar!
- você quer mesmo ajudar justin? – disse ainda chorosa  me virando para ele e me fazendo de forte – me deixe em paz!
Virei-me e sai dali, e fui pra sala. Passei direto e fui ate o meu lugar me sentei e fiquei olhando para frente era como se nada estivesse acontecendo pois eu não conseguira prestar atenção em nada,  o tempo passou ate rápido e já era a hora do intervalo. Fiquei no meu lugar enquanto todos saiam da sala, menos Justin que também permaneceu em seu lugar ao meu lado.
- não vai pro intervalo? – disse ele
- não – disse seca sem ao menos olhar pra ele
- poderia olhar pra mim pelo menos – disse ele
- não – disse levantando e saindo da sala
- hey – ele disse se levantando e indo atrás de mim – você disse que não ia! – disse num to desconhecido
Eu o deixei falando sozinho ele ia andando ao meu lado eu fui pro banquinho onde eu sempre ficava conversando com o Tommy mas quando em aproximei de la vi que ele estava sentado la com uma outra menina, eu nunca tinha a visto antes ela tinha os cabelos cacheados e compridos castanho escuro e usava um óculos tipo o dele, eles conversavam e interagiam muito bem ele estava tão alegre nem parecia se importar mas comigo. Eu imediatamente sai dali e esbarrei em alguém e acabei caindo no chão.
- ai – disse ao cair no chão e olhando pra cima – tinha que ser! – disse ao perceber que era a Tiffany
- seu lugar é ai querida- ela disse rindo – no chão!
-Jane – disse justin se aproximando e me estendendo a mão pra que eu levantasse – você ta bem? – disse ele preocupado
-Gatinho – disse Tiffany indo pra cima de Justin – deixa ela ai, vamos pra la comigo ? – ela disse fazendo beicinho
-Não – disse ele se afastando dela e segurando minha mão  – eu não to afim! Vamos pra la Jane!  - ele disse olhando pra mim
Eu apenas assenti com a cabeça e fui com ele,  Tiffany ficou la morrendo de raiva por ter sido rejeitada e eu realmente estava adorando aquilo ele era o primeiro garoto a rejeitar algum pedido dela.
- corajoso você – disse impressionada
- não precisa ter coragem pra ajudar uma amiga – ele disse fazendo aspas com as mãos quando dizia a palavra amiga 
- não besta – disse fazendo cara feia – disse isso por você ter rejeitado a Tiffany – disse fazendo aspas com as mãos como ele quando disse a palavra rejeitado – ela é a garota mais linda do colégio
- eu não acho isso – ele disse rindo fraco
- ata, - disse surpresa – você é o único que acha isso
- tenho certeza que não – disse ele e riu
O sinal bateu, fomos pra sala as aulas passaram rapidamente e logo chegou a hora de ir pra casa eu peguei Joe e fui pra casa chegando la vi que tinha um carro diferente, mas que eu já tinha vido antes estacionado bem na frente de casa.Joe entrou correndo e eu logo vi, era meu pai ele finalmente havia lembrado que tinha filhos e tinha vindo nos visitar. Joe ficou la o abraçando  e eu não disse nada o ignorei e fui pro quarto.
Joguei minha bolsa no pufe e me joguei na cama, eu estava totalmente exausta e conseqüentemente triste por causa do que aconteceu com o Tommy quando ouço um barulho de carro, levanto e vou ate a janela era o carro do meu pai saindo.
- Joe, ta ai? – disse indo ate a escada – ótimo! – disse com raiva
Joe tinha saído com meu pai e tinham me deixado la sozinha, voltei pro quarto e fiquei la deitada pensando quando a campainha toca.

 COMENTEM! COM 5 COMENTARIOS POSTO O CAPITULO 7

23 de jan de 2012

The Rest Of My Life Capitulo 5

No dia seguinte minha mãe me acordou mais cedo que o normal, eu tomei um banho me arrumei, chamei Joe e fiz o café tomamos o café e fomos pro ponto nos iríamos de ônibus quando um carro para na nossa frente e para, vejo um vidro se abaixando e logo depois vejo Justin.
- Jane, entra ai! – ele disse com um sorriso no rosto
- não obrigada, vamos esperar o ônibus ele já já passa! – disse meio envergonhada e sentindo minhas bochechas corarem um pouco
- que nada Jane, venha! Não se acanhe – ouvi uma voz feminina vindo do outro lado
- vem Jane, não custa nada – ele insistiu
- tá bom – disse
- Ótimo – ele disse saindo do carro e abrindo a porta traseira para mim e Joe
- não precisava – disse esperando Joe entrar e logo depois entrando também
Bom, depois que entrei  ouvi que tocava uma musica internacional  não conhecia o cantor  mas a voz era bem doce e delicada. A mãe dele abaixou um pouco o som.
- oi Jane, eu sou Pattie mãe dessa coisinha fofa ai  - disse ela sorrindo simpática e olhando pelo retrovisor
- Ola senhora Pattie – disse simpática – esse é Joe meu irmãozinho – disse apontando para ele
- ola Joe – ela disse sorridente – prazer em conhecê-los
Ola – Joe disse meio envergonhado
Depois logo chegamos em frente a escola, Pattie estacionou o carro deu um beijo no rosto do Justin eu o vi corar pelo retrovisor , sorri fraco ao ver aquilo.
- boa aula meninos – disse ela sorridente
- Obrigada Senhora Pattie – disse sorridente e vi que a porta já estava aberta.
Eu e Joe saímos do carro ele saiu correndo e eu e Jadson fomos andando juntos até o portão.
- não precisava ter aberto a porta pra nós – disse meio envergonhada
- que tipo de cavalheiro seria eu se deixasse você abrir a porta? – ele disse sorrindo e coçando a nuca
-Obrigada – disse e sorri fraco
- vai ficar ai – ele disse quando viu que eu parei
- não, só estava vendo se a moto do Tommy tava estacionada ali – disse e continuei seguindo – ele não chegou ainda!
- hum  - disse ele sem assunto – já vai ter prova hoje ne ? – ele disse puxando assunto
- sim, de química – disse fazendo cara feia – o que foi? – disse quando ouvi a risada dele
- você fez uma cara engraçada – ele disse ainda rindo
- Não tem graça – disse dando de leve um tapa em seu braço
- Ai! – disse ele – não me bata
Fomos interrompidos pela Tiffany
- Oi gatinho – disse ela entrando na frente de Jadson – você ira ficar conosco hoje novamente no intervalo? – disse ela ajeitando a camisa dele
Preferi entrar ao ver aquela cena ridícula, entrei e fui pro meu lugar Tommy não havia chegado realmente, sentei. E logo vi jadson sentar ao meu lado no lugar de Tommy.
- porque não me esperou? – disse ele confuso
- não sei se você reparou, mas eu e Tiffany não nos damos muito bem! -  disse arrumando minhas coisas na mesa
- ata – ele disse e se acomodou na cadeira – e seu namorado não vai vim não? – ele disse rindo fraco
- que namorado ? – disse confusa
- o tal Tommy – ele disse arrumando suas coisas em cima da mesa
- Tommy? – ri fraco – ele não é meu namorado – ri
Fomos interrompidos pela professora de química que já estava colocando um anuncio no quadro que dizia o seguinte.

“A professora de física e eu decidimos trocar de aula, pois então a prova será agora”
- droga – disse baixinho –o Tommy não veio
- sentem-se com seus colegas do lado já vou entregar as provas. – disse a professora já com as provas na mão.
Justin se aproximou.
- pelo visto vai ser eu e você – disse ele serio – você estudou? – disse ele me fitando
- pior que não – disse abaixando a cabeça – acho melhor você fazer com outra pessoa – disse me levantando
- não tem problema! Eu estudei – disse ele me puxando pelo braço me fazendo sentar novamente na cadeir eu apenas fiquei.
A professora entregou a prova e ficou passeando pela sala durante a prova, enquanto isso eu lia a prova junto com o Justin e tentava resolver algo, enquanto ele mal lia uma questão já respondia. Eu o olhava atentamente, e reparava nos traços de seu rosto ele parecia tão doce, um ser realmente angelical fui interrompida por sua voz.
- hey, você sabe fazer alguma dessas ? – ele disse apontando pra duas questões
Eu analisei as questões e tentei fazê-las, só consegui fazer uma e mesmo assim com ajuda de Justin. Fiquei surpresa, fomos os primeiros a acabar a prova, entregamos a prova e a Professora pediu que nós fossemos para fora para não atrapalhar o restante da turma. Saímos da sala e nos sentamos  num banco próximo da sala da direção.
Eu peguei meu celular, tinham varias mensagens  dentre elas uma mensagem do Tommy

“Me desculpe Jane, mas aconteceu uma coisa e não pude ir pra aula hoje”

Eu imediatamente respondi sua mensagem

“O que houve Tommy? é algo com você? você esta doente?”

Fiquei atentamente olhando para o celular esperando uma resposta imediata, mas nada dele responder.Então decidi ligar para ele disquei o numero e coloquei o celular próximo ao ouvido.
- hey, você é louca ? – disse justin chamando minha atenção e puxando meu celular – você ta na frente da sala da direção!
- mais é uma emergência – disse colocando o celular de volta no ouvido
Chamou, Chamou mas nada dele atender. Interrompi a ligação e fiquei olhando para o celular esperando algo.
- qual é a emergência? – disse justin me encarando
- é o Tommy, ele me mandou uma mensagem – disse olhando pro celular – fiquei preocupada com ele.
- ele anda doente? – justin perguntou me olhando atentamente
- não sei, mas acho que sim – disse lembrando do exame que ele tinha ido fazer – mas acho que ele não quer contar!
-mais você acha que é algo grave? – justin perguntou – ele parece estar bem! – disse apontando pro lado.

COM 5 COMENTARIOS CONTINUO!

22 de jan de 2012

The Rest Of My Life Capitulo 4


- Tommy? – disse tentando ver se era realmente ele
- não sou o Tommy – ele disse se sentando e tirando o capuz
- Ah, é você! O que faz aqui? – disse olhando pra uma arvore
-  O parque é publico – Justin disse me fitando – e você o que faz aqui uma hora dessas ?
- nem é tão tarde assim – disse olhando pro relógio – nossa já são quase 22h! Tenho que ir! – disse me levantando
- ta tarde pra você ir embora sozinha – ele disse se levantando e indo atrás de mim – eu vou com você!
- nem pensar, Não ando com estranhos! – disse continuando a andar sem olhá-lo
- mas eu não sou estranho, estudo com você! – ele disse confuso
- mas você chegou hoje na escola e a única coisa que sei de você é o seu nome. – disse sincera
- posso te falar sobre mim durante o caminho, - ele disse coçando a nuca e  andando lado a lado comigo – não vou deixar você ir sozinha, Pode ser perigoso!
- eu não preciso de guarda costas – disse andando
- bom, me chamo Justin Bieber – ele disse me ignorando e andando - e acabo de me mudar, dos EUA!
Eu não disse nada.
- você vai ficar muda? – ele disse – só estou querendo me enturmar um pouco Jane não conheço ninguém aqui.
- ta, é que eu to com pressa pra chegar em casa, eu sai sem avisar ninguém – disse olhando pra ele – minha mãe deve estar surtando! – disse e imaginei isso
- mais porque você não avisou? – ele disse confuso
- eu quis sair um pouco e esfriar a cabeça – disse medindo as palavras pra não acabar falando demais .
- esfriar a cabeça? – ele disse – porque? Aconteceu algo?
- ah, nada demais! – menti – minha casa é aquela – disse e apontei! Já pode ir, daqui eu vou sozinha!
- nada disso, vou te acompanhar até em casa! – ele disse sorrindo
Eu apenas sorri
- chegamos – disse e sorri – obrigada! – agradeci e entrei sem ao menos esperar ele falar –
- hey, eu moro na rua de traz! – ele disse colocando o pé na porta pra que ela não fechasse – caso precise de algo! É uma casa roxa.
- ah, obrigada mas não vou precisar de nada! – disse e enfim fechei a porta
Subi e fui pro quarto.
- Jane, você saiu com um menino e não me avisou? – minha mãe disse entrando no quarto – quem era o menino ? eu sei que não era o Tommy pois eu liguei pra ele e ele não sabia onde você estava, e ainda por cima chega uma hora dessas em casa ? Ta pensando o que? Você ainda é menor e eu sou sua responsável! – ela disse nervosa
- acabou? – disse a ela – mãe eu não sou mais criança e pra começar eu não sai com o Justin! – disse num tom ignorante
- então é esse o nome dele?  Justin! – ela disse – eu nunca o vi por aqui,  onde você o conheceu ? Você ta namorando com ele? – ela disse num tom diferente
- não mãe, eu nem conheço ele! – disse indignada – eu o conheci hoje na escola, e acabamos nos encontrando no parque no qual eu estava sozinha apenas pensando e tendo um tempo comigo mesma. – disse desabafando
- nossa filha – ela disse num tom triste
- desculpa mãe, mas você disse coisas idiotas – disse sem pensar
- tudo bem, vou deixar você dormir afinal amanha tem aula – ela disse se virando – ah! E amanha você e seu irmão terão que ir pra escola de ônibus pois eu vou ter que ir mais cedo pra empresa eu e seu pai temos uma reunião.
- tudo bem – disse e fechei a porta
Tomei um banho e vesti um camisão, não estava com sono então decidi ligar o computador. Nem entrei no twitter, entrei apenas no MSN.

hey, onde você estava? – Tommy chamou minha atenção logo que entrei
Estava no parque, precisava sair um pouco e respirar ar fresco – disse
E porque não me chamou? Eu iria com você – disse ele
Eu precisava ficar sozinha – disse
Ata, mas porque você demorou tanto? – disse ele
Ah, eu tava tão distraída que perdi a noção do tempo! E acabei sendo alertada pelo Justin – disse
Justin? O garoto novo da escola? O que você fazia com ele? – disse ele
Ah, o encontrei la, ou melhor ele me encontrou – disse
Mais que garoto idiota – disse
Ah, ele só ta querendo se enturmar – disse
Ele disse isso a você? –Tommy disse
É disse sim , porque Tommy ? – disse
É que não me parece ser só isso – ele disse
Vi que você não gostou muito de ele ter sentado nos eu lugar né! – disse
Não mesmo, amanha vou chegar no horário certo – disse ele
Tommy ,vou sair já to com sono – disse
É, e amanha tem prova de química – disse ele
Nossa, não acredito eu esqueci! – disse
É em dupla Jane, pode ir dormir eu estudei eu sempre faço com você! – ele disse
Ah, voce sempre me salvando ne melhor amigo ? – disse
Eu te amo Jane – ele disse
- eu também te amo Tommy *-* , bjos agora vo sair até amanha – disse


Disse e sai do msn,  desliguei o computador e fui me deitar , fiquei pensando no dia de hoje , e principalmente no casal brincando com seus filhos no parque e me questionei “Porque a minha família não pudera voltar a ser como antes?”  depois me virei e acabei dormindo.

Posto o proximo capitulo com 5 comentarios (= espero que estejam gostando bjs!

21 de jan de 2012

The Rest Of My Life Capitulo 3

Era um garoto, ele tinha pele clara ele usava um gorro e logo que entrou na sala o tirou deixando a mostra seu cabelo aparentemente sedoso e brilhante, ele tinha um sorriso hipnotizante e incrivelmente lindo que me fez sorrir por dentro ao vê-lo . Olhei atentamente  para ele, ele era realmente encantador meus pensamento foram interrompidos com a voz dele.
- Oi, eu sou Justin!  - ele disse e foi sentando-se no lugar do Tommy
- Sou Jane. – disse me virando pra frente.
- sou novo na escola – ele disse tentando puxar papo
- eu sei – disse seca sem olhá-lo – a aula já vai começar!
A aula começou, e o tempo todo tinha meninas olhando para traz para vê-lo ,  e no meio da segunda aula  a professora foi interrompida por Tommy, que a mostrou um papel e logo depois se dirigiu ao lugar vazio la na frente.
No intervalo todos saíram da sala eu permaneci em meu lugar , Tommy veio até mim.
- hey Jane, vamos la pro banquinho ? – disse ele apontando pra porta
- não – disse fria e sem olhar pra ele
- você ta com raiva de mim  Jane ? – ele disse se abaixando perto de mim – o que eu fiz ?
- jura que você não sabe Tommy ? – disse o empurrando e levantando da cadeira e indo em direção a porta
- hey espera – ele disse se levantando e indo em direção a mim-  é que aconteceu algo ..
- tipo o que Tommy? – disse me virando pra ele – tem que ser algo bem convincente!
- vamos pro banquinho? la eu te conto tudo – ele disse entrelaçando seus braços aos meus e me arrastando até o banquinho.
Chegando la, sentamos e Tommy me contou o que tinha acontecido, sua mãe havia marcado para ele ir tirar sangue hoje pra fazer uns exames ele ate me mostrou o braço. Ta, eu o perdoei, pois afinal ele era o meu melhor amigo.
E quando eu e ele estávamos indo pra sala eu acabei esbarrando na Tiffany.
- desculpe – eu disse seria e estendendo minha mão pra ela quando percebi que ela tinha caído
- sua idiota! – ela disse recusando minha mão  e levantando sozinha – tinha que ser você mesmo!
- idiota e você sua patricinha de meia tigela – eu disse a empurrando novamente pra que ela caísse e saindo e perto
Tommy e eu saímos rindo dela, fomos pra sala  e ficamos conversando la, Tommy tinha se sentado no lugar dele la traz comigo e ficamos la conversando quando alguém nos interrompe.
- hey, eu que estou sentado aqui perto da Jane – Justin disse alterado – pode se retirar por favor ? – ele disse olhando pro Tommy
- Esse lugar sempre foi meu, e só não estava aqui hoje porque cheguei atrasado – disse Tommy se levantando e ficando de frente para o Justin!
- Pois então, chegou atrasado perdeu! – ele disse cruzando os braços  dando novamente aquele sorriso hipinotizante
- Hey meninos, nada de briga – disse a professora de física – cada um pro seu lugar por favor! – ela disse indo pra frente. Tommy foi pra frente bufando e jadson se sentou ao meu lado com um sorriso vitorioso.
A aula passou rápido, Justin sempre tentava puxar papo comigo mas durante a aula e eu nem dava muito assunto. No finalzinho da aula a professora passou alguns exercícios pra serem resolvidos.
- Jane pode, por favor, me ajudar com o exercício 3 ? – ele disse coçando a nuca e olhando confuso pra mim.
- não sou muito boa com física Tommy é melhor que eu – disse confusa - mas posso tentar ajudar!
Ele se aproximou de mim, eu tentei ajudá-lo acho não fiz um bom trabalho. Logo depois bateu o sinal. Era aula de educação física, arrumei minhas coisas e fui pra quadra, Tommy já estava la me esperando eu fui andando em direção a ele quando de repente tudo apagou.
Acordo com Tommy e Justin na minha frente.
- tudo bem Jane ? -  Tommy disse preocupado 
- sim, o que aconteceu ? – disse colocando a mão em minha cabeça – minha cabeça dói – disse me levantando com a ajuda de Tommy
- Deve ser por causa da bolada – jadson disse com a mão na nuca e com uma expressão de preocupado – me desculpe ?  é que não sou muito bom no vôlei – ele disse sincero
- tudo bem justin, estou bem! – disse de mãos dadas com o Tommy
- esse idiota deveria olhar melhor antes de sacar, ou aprender primeiro! – Tommy disse nervoso olhando pra ele
- hey, já pedi desculpas! Não foi por querer.  – ele disse sincero
- eu disse que já está desculpado Ja – eu disse olhando pra ele
Bom, eu e Tommy ficamos sentados e conversando a aula inteira, o professor havia me liberado por causa da pancada, e Tommy não jogava porque ninguém nunca o escolhia no time.
Na hora da saída, Tommy foi comigo buscar Joe e foi conosco até em casa, quando chegamos mamãe estava em casa.
- quer entrar um pouco tommy? – disse apontando pra dentro
- não não Jane, vou pra casa! – ele disse coçando a nuca e por um momento me lembrou o Justin sorri lembrando dele – nos vemos amanha na escola!
- ok – disse dando um beijo estalado em sua bochecha e entrando.
Fui almoçar e depois fui pro quarto, terminar de fazer as tarefas de física e fazer uns exercícios de biologia, pois amanha tinha aula, fui fazer os exercícios, quando olhei no relógio vi que já eram quase 18 horas decidi sair um pouco larguei os livros e abri o guarda roupa, escolhi uma roupa e depois fui tomar banho, e me vesti. Coloquei meus acessórios e desci já era noite minha mãe tinha chegado mais não encontrei ninguém la em baixo decidi sair mesmo assim.
Fui pro parque, fiquei andando igual uma idiota sozinha parei e sentei num banco próximo a um casal que brincava com seus dois filhos fiquei olhando aquilo e lembrei de quando eu era pequena que meu pai sempre nos levava ao parque, e depois agente tomava sorvete,  e voltava pra casa sempre feliz. Por um momento veio um filme em minha cabeça dês as brigas do papai e a mamãe até a minha conversa com Joe e a mamãe mas meus pensamento foram interrompidos por uma voz e um garoto de capuz.

COMENTEM, COM 5 COMENTARIOS CONTINUO! BJS

15 de jan de 2012

Ei gente, queria voces comentassem. Poxa, mesmo que nao estejam gostando! Os que nao estão gostando dessa IB COMENTEM! Digam o que nao estão gostando .. e o que posso melhorar! E os que estão gostando deem opniões . Ajudem poxa, porque sem voces eu nao sou nada! =X 
Bom, eu to contando com a ajuda de Voces ok, se não tiver comentarios eu vou para de postar. Porque eu nao sei se voces estão gostando, nao sei nem se voces estão lendo. ai fica dificil, se eu nao souber eu vo ficar postando pro vento. pra ninguem ler ? :/ fica complicado ne meninas! Obrigada Pela atenção. beijos Larissa.

13 de jan de 2012

The Rest Of My Life Capitulo 2

Ele afagou meus cabelos, e correspondeu meu abraço.
- hey, o que houve Jane ? – ele disse ainda afagando meus cabelos
- é uma longa historia – eu disse o chamando para sentar no banco
Contei tudo o que tinha acontecido para ele, e depois contei como me sentia sobre isso, contei até sobre a conversa que eu e Joe havíamos tido.
- nossa Jane, nem sei o que te dizer – ele disse pegando em minhas mãos e acariciando-as – você sabe que pode sempre contar comigo.
- eu sei Tommy , obrigada por me ouvir – disse o abraçando
Depois eu e ele ficamos conversando um pouco e ele me levou ate em casa. Nos despedimos e ele foi pra casa dele, eu respirei fundo e abri a porta minha mãe estava fazendo o jantar, eu entrei na cozinha e disse
- mãe ? – me sentando a mesa – como você esta ?
- bem minha filha – ela disse mexendo na panela sem virar para me ver – ta com fome ?
- não não – menti – só com sono, vou subir  - disse e me levantei
- não minha filha, espera – ela se virou – precisamos conversar sobre tudo! – ela disse desligando o fogo e sentando se ao meu lado – eu sei que vai ser difícil pra nós, mas vai continuar a mesma coisa só que ele não vai mais morar com agente! Só isso. – ela disse pegando minha mãe que estava sobre a mesa.
- ta, mãe eu te entendo, sei que pra você ta sendo mais difícil ainda. – disse sinceramente olhando para ela – mas não se preocupe comigo, eu sou grande e forte, se preocupe com o Joe, ele sim esta sofrendo com tudo isso. Hoje eu o encontrei no quarto encolhido num canto chorando.
- filha fique tranqüila, eu vou conversar com Joe! Mas vc tem certeza que não esta com fome ? – ela disse tentando mudar de assunto
- não mãe, não quero comer. – disse me levantando e dando um beijo em seu rosto- vou pro meu quarto!
Fui pro meu quarto, tomei um banho coloquei um camisão e um shorts e deitei, fiquei pensando em tudo que tinha acontecido e acabei adormecendo.
No sábado, e olhei para o relógio eram 10h me levantei, fiz minha higiene , troquei de roupa e desci. Hoje minha mãe não tinha que ir pra empresa, eu a encontro vendo TV com o Joe, sorri ao ver a cena. Peguei uma fruta e depois voltei pro quarto. Liguei o PC, entrei no twitter, tava muito chato todos la da sala comentando sobre o tal garoto novo que iria entrar na escola! A Tiffany tava se achando dizendo que ele seria mais um dos garotos que iriam ficar caidinhos por ela! Aff que menina mais idiota! Resolvi ligar pro Tommy.
- Alo, Jane e ai como esta ? – Tommy disse
- estou melhor, você pode vim aqui em casa ? – eu disse alegre
- claro, vamos fazer o que ? – ele pergunta entusiasmado
- Ah, podemos ver uns filmes e aproveitamos pra fazer as tarefas.
- ta, Jane já já eu chego ai
- ok, ate – disse já interrompendo a ligação
Desliguei e fui pra sala, mamãe e Joe não estavam mais la, eles deviam ter ido ao parquinho eles sempre iam no sábado, só que quem o levava era o papai, e por um momento lembrei  da conversa que tive com meu pai. Balancei a cabeça tentando fazer com que as lembranças sumissem e fui interrompida pela campainha. Fui atender era o Tommy. Ele estava como sempre, só que ele havia mudado o corte de cabelo, estava curto e meio arrepiado, so que ele continuava usando seu óculos, eu não disse nada somente o abracei e depois ele entrou e foi já indo pra sala, deixou sua mochila na mesa e se sentou.
- Jane, qual filme vamos ver ? – ele disse se endireitando no sofá
- não sei ainda Tommy, vai la no meu quarto e escolhe alguns de comedia estão em cima da mesinha do computador numa caixa roxa. – disse indo ate a cozinha- enquanto isso vou fazer a pipoca
- ok – disse subindo as escadas
Eu fiz uma bacia de pipoca, ele escolheu um filme muita legal o nome era “ As Branquelas” eu  e ele já tínhamos visto aquele filme milhares de vezes mas ele sabia que eu sempre me alegrava vendo . Ficamos la vendo o filme, e depois fomos pro meu quarto fazer as tarefas tinha tarefa de matemática e física.
- Jane! – ele disse num tom desconhecido
- que foi Tommy ? – disse confusa
- todas as meninas estão ansiosas pra saber quem é o novo aluno, - ele disse coçando a nuca – e você nem mostrou interesse.
- eu nem me interesso Tommy você me conhece muito bem – disse o interrompendo – você me conhece dês de que eu me conheço por gente!
- rimos –
- mas e que você nunca me disse nada sobre garotos – ele disse meio confuso – e nós somos melhores amigos. Você nunca se apaixonou por ninguém Jane ?
- não Tommy, nunca senti nada a mais por nenhum garoto , e você sabe que quando eu sentir algo você vai ser o primeiro a saber, larga de ser bobo e vamos continuar a tarefa – disse batendo de leve em seu ombro.
Continuamos a Tarefa e depois ele foi embora. Depois fui jantar e depois dormir.
O domingo foi entediante, fiquei a manha inteira no meu quarto procurando algo pra comprar pro Tommy pois na terça feira iríamos completar 4 anos de amizade, até que enfim consegui achar. Depois desci para almoçar, Joe não estava em casa.
- mãe, cadê o Joe ? – disse sentando a mesa
- ele esta na casa do Julio, ela disse sentando-se tbm a mesa e servindo o almoço – só volta a noite.
Fiquei em silencio, almocei e depois subi novamente pro quarto, resolvi olhar o que estavam falando no twitter, e novamente o assunto do garoto novo!  que droga so se falava nesse garoto,  logo recebi um tweet do Tommy

“E ai Jane, esta ansiosa pra ver o garoto novo ?”

Respondi a ele.

“ Estou pouco me importando, pra mim não vai fazer diferença nenhuma esse novo aluno!”

Depois entrei no Skype  e fiquei conversando com o Tommy o resto da tarde. Marcamos de nos encontrar  no portão pra entrarmos junto. Logo anoiteceu, desliguei o computador desci para o jantar, Joe já tinha chegado.
- eei maninha – ele disse me abraçando com vontade
- ei meu pequeno – disse retribuindo o abraço – e ai se divertiu hj ?  - disse bagunçando seu cabelo
- sim, foi muito legal! – ele disse arrumando seu cabelo e indo em direção a mesa.
Fiz o mesmo, Jantamos eu e Joe ficamos brincando um pouco e vendo TV na sala, depois fomos pro quarto dormir, afinal amanha era dia de aula.
Segunda Feira,  por incrível que pareça eu levantei na hora certa, fui me arrumei como sempre desci tomei café e mamãe nos levou até a escola. Afinal agora sempre seria ela que nos levaria até a escola. No carro despedimos dela e fomos pra escola, Joe encontrou um amiguinho e saiu correndo e entrou com ele. Eu fiquei no portão esperando o Tommy, deu a hora marcada e nada do Tommy aparecer, resolvi entrar entrei e dei de cara com a Tiffany, ela estava bem produzida, isso tudo pro tal garoto novo, que idiotice! Não sabia porque essa necessidade dela de ter os garotos babando por ela. Fui pra sala, entrei e fiquei la esperando Tommy. Bateu o sinal e nada dele chegar. Todos já tinha entrado na sala, eu olhava pro lado e via a cadeira dele vazia era esquisito, pois tínhamos marcado na frente da escola e ele nem viera a aula.
Eu estava distraída pensando num porque de Tommy ter faltado quando algo chama minha atenção. 

Posto o proximo capitulo com 5 comentarios! Espero que estejam gostando >.<  Quem ainda nao me segue segue ai @BRWithUJB_

11 de jan de 2012

The Rest Of My Life Capitulo 1

Sexta Feira, eu acordei com o despertador tocando e apenas estendi a mão até o despertador o desliguei  depois continuei deitada na cama, eu estava criando coragem para enfim levantar quando ouço a voz de minha mãe:
- Filha, levanta você vai se atrasar!
- Já vou mãe! – disse abrindo os olhos
Eu enfim levantei da cama e fui me arrumar afinal hoje tinha aula, tomei meu banho e depois vesti o uniforme da escola, coloquei minhas pulseiras, anéis e cordões e sai do meu quarto, desci e fui em direção a cozinha, quando cheguei disse:
- Bom dia dona Bell, me apressou tanto que o Joe nem desceu ainda!
De repente ouço paços fortes e fui surpreendida por um abraço de lado, era o Joe ele disse:
- Bom dia mãe, bom dia maninha!
Eu baguncei seu cabeço um pouco e ele disse – Heey – nos rimos e fomos interrompidos pela mamãe.
- Tomem, o café da manhã rápido ao vamos nos atrasar!
- e o papai ? – Joe disse ao sentar-se a mesa
- Foi mais cedo para a empresa hoje – mamãe disse sentando-se tambem a mesa.
Tomamos o café e depois fomos em direção ao carro,  logo chegamos a nossa escola! Eu e Joe estudávamos “juntos” a escola tinha estudo para todas as idades.  Era como se fosse dividida em duas uma parte para menores de 12 anos e outra para maiores. Saímos do carro e depois eu fui com Joe ate a “sua área”, depois eu me encaminha para a minha fui direto para a minha sala. Logo vi o meu amigo Tommy  o cumprimentei e sentei no meu lugar. Ele se levantou veio até mim e disse:
- ei Jane, já soube da nova? – ele disse me cutucando o braço
- não – disse me endireitando na cadeira – o que há?
- Vai entrar um garoto novo na nossa sala na segunda – ele disse olhando atentamente para mim.
- que legal, as patricinhas devem estar a mil querendo saber quem é – eu disse rindo
- é mesmo – ele disse e riu também
Logo fomos interrompidos pela professora, as primeiras 3 aulas do dias eram matemática, biologia e história. O tempo passou voando e era hora do intervalo , eu e Tommy saímos da sala e fomos em direção ao refeitório, foi quando Tiffany esbarra em mim e sai andando na minha frente desfilando achando que estava em uma passarela, ela simplesmente me irritava! E creio que o meu jeito também a irritava de alguma forma.
- deixa ela pra la Jane – Tommy disse ao ver que eu estava me segurando pra não puxar aquele cabelo aguado dela
- eu não vou perder o meu tempo – disse olhando para ele
Eu a ignorei, e decidi ir ao pátio Tommy  e eu sentamos em um banco e ficamos conversando o intervalo inteiro. Depois fomos pra sala para ter as Duas ultimas aulas, eu só teria mias uma aula pois toda sexta feira eu era liberada mais cedo pois eu tinha que levar meu irmão pra casa e ele sempre saia mais cedo em dia de sexta feira. Logo se passou a aula que eu iria freqüentar, eu levantei deu um tchauzinho pro Tommy e sai da sala, fui até o portão e esperei o Joe, ele veio correndo até mim e disse:
- ei mana! – me abraçou – vamos?
- vamos – disse retribuindo o abraço e logo depois andando com ele de mãos dadas até o ponto de ônibus.
Não ficamos la por muito tempo, o ônibus logo veio entramos  o trocador como sempre nos cumprimentou depois fomos ate a parte da frente nos sentamos Joe se sentou próximo a janela, ele adorava ficar olhando as coisas. Não demora e logo chegamos no nosso ponto descemos do ônibus e fomos em direção a nossa casa, vi que o carro do papai estava estacionado na frente, me surpreendi pois ele nunca aparecia em casa nesse horário. Joe entrou correndo e foi direto para o quarto saiu atropelando umas malas que estavam perto da escada, e logo depois que Joe subiu papai desceu com mais uma mala na mão.
- oi filha – ele disse soltando as malas e abrindo um sorriso e erguendo os braços como se estivesse esperando um abraço
- oi pai, - disse indo abraçá-lo – vai viajar ? – disse apontando pras malas
- não – ele disse desfazendo o sorriso  – precisamos conversar já que sua mão não teve essa conversa com você!
- o que aconteceu pai ? pra onde voce vai ? – disse confusa
- vem – ele disse pegando em minha mão e sentando na escada e chegando pro lado para que eu sentasse junto a ele – é que vai ser um pouco difícil de entender! Mas eu e sua mãe vamos nos separar!
- pai, não precisa disso! Conversa com ela, vocês sempre se entendem!  - disse sincera olhando em seus olhos que pareciam tristes.
- filha, infelizmente não tem mais jeito! – ele disse sinceramente olhando em meus olhos
Ouvimos um barulho de carro, ele se levantou e pegou as malas, me abraçou.
- filha, eu te amo prometo que venho sempre ver vocês dois! – e saiu
Eu fiquei sem reação, paralisada e ouvi a voz da mamãe,  fui correndo pra janela e vi que eles estavam discutindo, outra vez e logo depois dos gritos ele entrou no carro dele e foi embora!
Minha mãe entrou e foi chorando pro quarto, passou por mim como um foguete de tão rápido, eu nao tinha condições de acalmá-la. Fui até o quarto do Joe, ele estava encolhidinho num canto chorando.
- heey Joe, oq eu voce tem ? – disse me ajoelhando próximo a ele e o abraçando – fala pra mim ?
- o papai foi embora não foi ? – ele disse chorando e me abraçando forte – porque ? e agente como vamos ficar ?
- pequeno, ele foi sim! Mas nos vamos ficar com a mamãe – disse enxugando suas lagrimas – não chora, ele vai vir sempre nos ver!
- tem certeza Jane ? – ele disse olhando pra mim com carinha de choro
- claro Joe, ele é nosso pai e nos ama! – eu disse afagando seus cabelos
Ele me abraçou mais uma vez, depois saiu e la e foi pra sala ver TV, eu fui pro meu quarto entrei e fui direto pra cama, eu as vezes me fazia de forte, mais não era tão forte assim e a única pessoa que me entendia e que eu confiava plenamente era o Tommy peguei o celular disquei o numero dele.
- Tommy ? – disse chorosa
- oi Jane, o que houve ? – ele disse preocupado ao ouvir minha voz de choro
- podemos nos ver ? preciso de voce! – disse e uma lagrimas escorreram
- claro, quer que eu va até ai ? – disse ele atenciosamente
- não, nos encontramos no parque! Mesmo lugar de sempre! Pode ser ? – disse enxugando as minhas lagrimas
- claro, to indo pra la agora!
- ta bom,  também já estou indo!  – disse pegando uma roupa ( ver roupa aqui )
- tchau –  ele disse
Eu so troquei de roupa e desci, Joe estava na sala vendo TV.
- pequeno, se a mamãe perguntar diz que estou no parque com o Tommy! – disse já saindo
Fui direto pro parque, ele estava mais vazio do que nunca estava ventando bastante e vi a Tiffany passando com as copias dela passeando com um poodle rosa, eu me virei tentando me esconder e deu certo pois elas passaram direto e nem jogaram nenhuma indireta pra mim. Logo Tommy chegou, quando o vi me joguei em seus braços, o abracei com força e desabei em lagrimas.




Proximo capitulo com 5 comentarios

10 de jan de 2012

The Rest Of My Life


Conta a história de  uma jovem Chamada Jane Albuquerque, que Morava com seus pais Bell Albuquerque e Robert Montes e seu Irmão mais novo  Joe, Seus pais tinham uma empresa em conjunto mas eles acabam se separando e Jane acaba meio que se “revoltando” com isso e meio que muda de jeito ela passa a ser uma garota Rebelde, e Depois da separação tudo vem ficando muito difícil para Jane e sua família.. e depois de muitas mudanças de comportamento, e um garoto em especial começa a despertar algo nela que ela nunca avia sentido antes e entre tudo isso acontecem varias coisas no decorrer da história que a impede de viver o seu sentimento.

9 de jan de 2012

Capitulo 60 *Ultimo Capitulo*

Um ano se passou e eu já tinha ganhado o bebe, era uma menina que se chamava Diane, ela já estava bem grandinha, o Junior estava tão lindo, e tava a cara do pai *-* muito parecidos..  Justin gravou seu CD, vendeu milhões de copias ele ficou muito conhecido nacionalmente e internacionalmente e tem milhares de fãs chamadas Beliebers. Depois disso nos mudamos viemos morar nos EUA e levamos todos com agente, os meus pais e os pais do justin.
Eu estou totalmente realizada com uma família linda, feliz com o amor da minha vida ao meu lado , e lembram do meu pai ? que havia perdido a fala depois do acidente ? pois então ele conseguiu recuperar e agora esta mais falante do que um papagaio auhsauh’  ele e minha mãe  estão morando aqui próximo da nossa casa e a Pattie e tbm estão morando por perto. A jazzy Cresceu esta uma gatiinha, sauhshuahu’ ela smepre aparece aqui em casa para brincar com o Junior. Agora eu tenho uma baba que fica sempre cuidando das crianças e eu estou montando um ateliê para mim.
O Chaz a Bff e a Jessie continuaram morando no Brasil,eles sempre conversam com agente e quando da eles vem nos visitar aqui, e a Jessie ain meus Deus como ela esta tão linda uma gracinha, eles se mudaram pra uma casa perto de onde eu e Justin morávamos e estão vivendo felizes, o Chaz montou uma dupla com o Chris.  É quem diria Né kk’ mais eles tão ate fazendo sucesso la no Brasil.
O Chris ele esta casado, com a Marie eles estão felizes e agora mais ainda que ela ta grávida! E são gêmeos awn que meigo, eu e justin ainda não tivemos a chance de vê-lo depois da noticia da gravidez mas ele deve estar radiante, Marie disse que ele fez o maior escândalo quando soube que iria ser pai de gêmeos, é não foi muito diferente do justin quando soube que eu tava grávida do Junior kk’ , eles esta morando na nossa antiga casa, e perto da casa do Chaz.

Fim!
Recado Leiam Por favor se trata de um agradecimento e vai informar a voces sobre a proxima IB:
Gente primeiramente , eu queria agradecer a todas vocês que leram o IB, e dizer que to muito feliz por ter dado tão certo e por muitas de vocês terem gostado do IB, algumas se emocionaram até com a história, eu fiquei muito muito feliz mesmo gente! Por saber que vocês aprovaram o meu trabalho aqui, e queria dizer tbm que apesar de eu ser chata as vezes, e ficar pedindo pra vocês comentarem, marcar nas reações eu sou uma pessoa legal! Kk’
E tbm, queria pedir desculpa por quase matar algumas de vocês de tanta curiosidade quando eu demorava demais pra postar algum capitulo! E queria que todas vocês Continuassem aqui ligadas no Blog Afinal vem outro IB ai pra vocês! Ela vai ser meio diferente, vai ser em temporadas! E cada temporada vai ter uma sinopse. Espero que vocês gostem!
O nome vai ser  “The Rest of my Life” Conta a história de  uma jovem Chamada Jane Albuquerque, que Morava com seus pais Bell Albuquerque e Robert Montes e seu Irmão mais novo  Joe, Seus pais tinham uma empresa em conjunto mas eles acabam se separando e Jane acaba meio que se “revoltando” com isso e meio que muda de jeito ela passa a ser uma garota Rebelde, e Depois da separação tudo vem ficando muito difícil para Jane e sua família. Em breve eu vou postar! E NÃO ESQUEÇAM DE COMENTAR SOBRE O FINAL O QUE ACHARAM ??? GOSTARAM ? E COMENTEM O Q VOCES ESPERAM DA PROXIMA HISTORIA!! BJS
 






6 de jan de 2012

Capitulo 59

Sem querer eu acabo deixando a jarra cair no chão.
- droga – eu digo catando os cacos –
Depois eu limpo tudo e vou ate a sala ver se o Junior ainda estava vendo Tv, e percebo que ele tinha ido pro quarto. Vou até la e verifico se ele realmente estava la, e vejo ele deitado na cama dele com o Sr. Red ( Sr. Red é o nome do ursinho dele, um q a madrinha dele deu de aniversario , ele sempre dorme com ele) .
Depois fui me deitar, um pouco.
~passaram se horas e justin chega em casa ~
Eu acordei com ele do meu lado vendo TV.
Justin: oi meu amor, desculpe! Não queria te acordar ..
Eu: não amor, já tava dormindo faz tempo, e o Junior já acordou ?
Justin: não não, ta dormindo feito anjo!
Eu me levantei da cama, e sinto novamente aquela tontura. Justin imadiatamente se levanta e diz:
- amor, ta tudo bem ?
Eu: sim amor, so to um pouco tonta!
Justin: senta aqui amor, vo la pegar um copo de água pra você!
Eu me sento na cama, Justin pega um copo de água pra mim e diz:
- amor, ta melhor ?
Eu: sim amor, foi so uma tontura!
Justin: mais vc nunk deu essas tonturas! Vem, vou te levar pro medico!
Eu: não amor, não precisa! Já passou!- eu tento me levantar novamente -  o ou!
Vou correndo pro banheiro, Justin vem correndo atraz de mim e diz:
- Amor, vem vamos pro medico!
Eu, acabo de vomitar e me levanto lavo o rosto e  digo:
- ta amor, vai pegar o Jr e colocar dentro do carro na cadeirinha dele!
A campainha toca, Justin vai atender, era a Pattie com a Jazzy , justin diz:
- mãe, que bom q veio! Pode ficar com o Junior ?
Pattie: claro filho, mais o que houve ?
- A ( seu nome ) ta passando mal, vou leva-la no medico!
Pattie: Claro filho, amis o q ela tem ? e grave ?
Eles vão andando até o quarto e justin diz:
- ela ta com tontura e vomitando!
Pattie entra no quarto e diz:
- Hey, ( seu nome ) há quanto tempo você esta assim ?
Eu: nossa a tontura faz alguns meses mais hoje cedo piorou e agora eu to vomitando!
Pattie: Hum, axo q pode .. Não, deixa axo q não!
Eu: posso o q ?
Pattie: nada, vai ao medico e faz uns exames! É melhor!
Eu: ok, 
Pattie fica com o Junior e eu e Justin fomos ao medico, eu entrei e justin ficou do ladod e fora esperando, ele pediu alguns exames. E disse que depois eu teria que voltar para buscar os exames. Eu sai e Justin  perguntou:
- e ai amor ?
Eu: ele pediu uns exames, depois voltamos pra buscar!
~ dias se passaaram~
Eu e Justin estávamos chegando da casa do chris, o Junior estava na casa da Bff brincando com a Jessie.e nos estávamos sozinhos em casa,  estávamos deitados na cama vendo TV e o justin disse:
- amor,  você pegou os exames e  nem me disse o q era! O que você tem ? afinal vc não me disse!
Eu: ah, amor, não é nada!
Justin se levanta e meio que sobe em cima de mim e diz:
- ah amor, me fala! O que houve ? e fico preocupado!
Eu: ah amor, e que não queria falar agora!
Justin sai de cima de mim senta na minha frente -  eu me sento tbm na cama e ele diz:
- amor, vc ta me deixando preocupado! Fala ? por favor ?
Eu: ta, mais promete não fazer  escândalo igual da ultima vez ?
Justin: como assim da ultima vez ?
Eu: amor, é que o Junior vai ganhar uma irmãzinha ou irmãozinho!
Justin: é serio amor ? – ele diz me abraçando – que louco cara, vou ser pai denovo!
Eu digo : sim amor, o medico disse que já estou de 2 meses.
Justin ficou muito feliz com a noticia,  e ficava me paparicando, vivia beijando minha barriga e conversando com o bebe, mais messes se passaram e a barriga foi crescendo, e eu fiz uma ultrason, nela deu pra ver que era uma menina, ele ficou mais bobo ainda e todos ficavam me paparicando o tempo todo.
~ Um ano se passou e ..

EE ? O QUE ACONTECEU ?? ~COMENTEM ESSE É O PENULTIMO CAPITULO!  COM 2 COMENTARIOS EU CONTINUO! BJOS E AXO QUE AMANHA POSTO UMA SINOPSE DO PROXIMO IB PRA VOCES LEREM! COMENTEM AQUI E NAO ESQUEÇAM DE MARCAR NAS REAÇÕES! *-*

3 de jan de 2012

Capitulo 58

Era o Chaz e o Justin gritando, eu e a Bff fomos correndo para ver o que era.  Eles estavam na Frente do computador, o Chaz disse:
- cara eu não acredito!
Justin: eu tbm não bro!
Eu entrei e disse: O que esta acontecendo ? Porque esse escândalo ?
Justin se levantou veio me abraçar e disse:
- Amor, meus vídeos fizeram o Maior sucesso na internet, e tem um cara querendo ser me empresário!
Eu: serio amor ? que coisa boa! – disse retribuindo o abraço –
Justin: Vou entrar em contato com ele e marcar para nos encontrarmos!
Eu: ta bom amor, mais toma cuidado pra não ser um golpe ou sei la!
Chaz: ii ( seu nome ) relaxa! Agora ter marido vai ficar mais famoso ..
Todos rimos.
Depois eu e a Bff voltamos pra sala, e Chaz e Justin continuaram no quarto. O telefone de casa  toca e eu atendo.
~ligação on ~
Eu: Alo!
Pessoa: ( seu nome) ?
Eu: sim quem é?
Pessoa: Oi, sou eu Chris!
Eu: ah Chris, quanto tempo! Como vai ?
Chris: Estou bem, seu nome e vocês ?
Eu: graças a Deus estamos todos bem!
Chris: posso falar com o Justin ?
Eu: claro. Vou levar o telefone pra ele!
~ ligação em espera~
Eu vou ate o quarto e digo:
-amor, telefone! É o Chris ..
Justin atende ~
~ligação novamente ~
- Ei litle bro, como vai ?
Chris: bem bro, e ai tava aki na internet e vi que seus vídeos tão fazendo maior sucesso Hem!
Justin: pois é Chris, tem ate um cara, querendo ser meu empresário!
Chris: pois éh bro, que manero! Mas eu liguei pra falar outra coisa!
Justin: o que foi, aconteceu algo ai ?
Chris: aconteeceu! Eu vou me casar!
Justin: O que ? serio mano ? você ta muito novo não ?
Chris: bom, eu encontrei a garota certa tenho certeza!
Justin: que bom mano, e ai quando você vem pro Brasil pra conhecermos ela?
Chris: Não sei ainda não bro, mais estamos todos querendo voltar a morar no Brasil!
Justin: então venha bro, assim fica melhor e podemos todos ficar perto um do outro.
Chris: claro bro, agora tenho que desligar!
Justin: ok, depois no famaos tenho que saber os detalhes desse seu casamento!
Chris: ok kk, beijos tchau bro!
Justin: até mais little bro.
~ligação off~
Eu: e isso mesmo que eu ouvi ?
Justin: sim, ele vai se casar!
Chaz: não acredito =O
Justin: eu axo até bom, shuhsua’ não e tão estranho isso vindo do CHRIS.
Chaz: estranho seria se viesse do Ryan!
Justin: é o Ryan sim sempre fui mulherengo, não gostava de namoro serio!
ChaZ: é ele ta fazendo falta!
Justin: MUITA!
Eu: gente, vamos pra sala chega de conputador!
Justin: ta amor, já vamos!
 Eu fui pra sala e Justin ficou la, passou os contatos para o tal empresário e depois ele e Chaz foram pra sala. Ficamos la vendo TV, nos 4 enquanto as crianças dormiam.
~2  anos se passaram ~
Junior já estava grandiinho já tinha completado 3 anos, e Justin já tinha conversado com o tal empresário e ele estava prestes a gravar seu  2º CD, estávamos todos Felizes o justin era o maior sucesso seu 1º Cd tinha vendido milhares de copias, o Chris já  tinha se casado, e tinha vindo morar no Brasil com sua esposa. Jessie estava bem grandinha  tbm ja tinha 2 anos, ela estava cada vez mais linda. E eu toda boba, eu e Justin estavamos em Casa sozinhos, eu estava com Justin Jr na sala e Justin estava na cozinha, colocando a pipoca no microondas pra vermos um filme infantil com Jr. Nos vimos o filme e depois Justin saiu, tinha que ir ao encontro do empresário para resolver uns assuntos da gravação do cd novo. Ele se despediu de mim e saiu eu fiquei com Junior vendo Desenho, até que eu sinto uma tonteira vou ate a cozinha pegar um copo de água para mim e ...

O QUE ACONTECEU ? SERA Q ELA VAI PASSAR MAL ? COMENTEM COM 2 COMENTARIOS POSTO O CAP 59 LEMBRANDO QUE O IB ESTA ACABANDO E PROVAVELMENTE ACABARA NO CAP 60 (=

2 de jan de 2012

Capitulo 57

- Ei, - ela disse olhando pra prancheta- Justin, do quarto 6 acordou e chama por ( seu nome )! É você ? – ela diz direcionada para Pattie
Pattie: Não, é ela – apontando para mim -
Meu coração começou a bater mais forte, e a enfermeira diz:
- pode me acompanhar ?
Eu: claro! – eu faço sinal para pattie com a cabeça  e continuo acompanhando a enfermeira.
Ela me encaminha até o quarto onde Justin estava eu abro a porta e vejo Justin deitado na cama, com a perna imobilizada e pendurada, meus olhos imediatamente se encheram de lagrima, eu fui me aproximando até que pude ver seu rosto um pouco arranhado e seus olhos tbm se echeram de lagrimas, eu queria o abraçar amis não ia dar certo pois ele não podia se levantar porcausa da perna, ele estendeu sua mão tbm cheia de arranhões em direção a mim eu a peguei, dei um beijo, depois me aproximei mais dele e dei um beijo demorado em sua testa e disse:
- meu amor! Voce me assustou.
E quando ele ia dizer algo eu disse: shh  - com o dedo indicador em seus lábios o impidindo de falar – não fala nada meu amor! So fica quietinho pra você se recuperar mais rápido!
Eu dei um beijo em sua bochecha e ele disse:
- amor disculpa ?
Eu:  Heey, não precisa pedir desculpa amor! – peguei em sua mão – não foi sua culpa!
Justin: amor, cadê os meninos ?
Eu não disse nada, fiquei em silencio. Ele retrucou e disse novamente.
- cadê os meninos, amor ?
Eu: amor, estão aqui no hospital tbm! Mas chega de falar – disse tentando fugir do assunto pra não ter que falar da morte do Ryan agora –
Ele ficou em silencio e  eu tbm. Eu puxei uma cadeira que havia no quarto e me sentei próximo a ele, fiquei acariciando seu rosto, e seu cabelo e ele acabou dormindo. Eu fiquei admirando ele dormir, ele parecia tão frágil, parecia uma pequena criança, dormia como um anjo. Eu apoiei minha cabeça num pedaço da cama e acabei dormindo tbm de tão exausta.
Acordo com a pattie me chamando.
- ( seu nome ) ? querida! Acorde!
Eu: Oi Pattie, acabei dormindo junto com ele – ri fraco – o que aconteceu ?
Pattie: Vão vim aqui  pra fazer mais alguns exames nele agora!
Eu: ah sim! – me levantei e deixei ele dormindo.
Logo batem na porta e entram, Justin acorda eu jogo um beijinho pra ele e Saio do Quarto com a Pattie.
~Enquanto isso, Chris vai fazer o reconhecimento do corpo do Ryan ~
O medico o leva até o local, Chris estava muito abalado por isso Chaz tinha ido com ele! Ele entra num quarto onde Havia Mais alguns  corpos tampados com um pano branco. O medico lhes leva ate um dos corpos tampados, e diz:
- Voce tem certeza de que querem ver ?
Chris: Sim!
Chaz so balança a cabeça positivamente. E o medico levanta o pano, Chris começa a chorar e encosta no corpo. Era mesmo a Ryan,  estava um pouco diferente, esata bem pálido e com os lábios roxo, ele parecia dormir. Chris e Chaz se abraçaam. Chris chorava muito, pois ele convivia mais com Ryan .. pois eles dividiram um apartamento por muito tempo nos EUA, depois a família deles se mudou pra la e cada um foi morarar com sua familia.
~ La fora com a Pattie ~
O medico diz:
- Bom, o rapaz esta bem!  - disse com um pequeno sorriso no rosto- e terá alta hoje mesmo!
Eu e a Pattie sorrimos e nos abraçamos eu disse :
- Que bom doutor, e nos podemos contar a ele sobre o amigo ?
Medico: Bom, ele esta bem! Não vejo mal algum!  Mas, ele deve ficar de repouso em casa, e não pode esforçar a perna por mais ou menos um mês.
Eu: Ok
O medico sai e a Pattie diz:
- Quem vai contar a ele ?
Eu:  conta voce Pattie ? o Ryan tbm era meu amigo! Axo que eu iria chorar, e ele poderia ficar mais nervoso.
Pattie: Tudo bem, eu conto! Mas vem comigo até o quarto ?
Eu: claro!
Fomos até o quarto,  entramos e Justin estava com um pequeno sorriso no rosto, ele logo se desfez quando me viu um pouco triste, e perguntou:
- o que aconteceu meu amor ?
Pattie disse:
- Meu filho, preciso falar com vc!
Justin: o que foi mãe ? Cade meu pai ? –  olhou pra mim e disse – amor cadê o Jr ?
Pattie: Estão todos bem meu filho, seu pai foi cuidar da Jazzy e o Jr esta com a mãe da ( seu nome )!
Justin: então o que vc quer me falar ? .. espera, cadê o Chaz ? o Chris e o Ryan ??
Pattie: O Chris teve alta hoje, e Chaz esta com ele!
Justin notou que depois Pattie fez uma cara triste e perguntou – E o Ryan mãe ?
Pattie pegou a mãe do Justin, acariciou e disse – você vai ter que ser forte filho!
Imediatamente os olhos dele se encheram de lagrimas, e ele disse – mãe, cadê o Ryan ?
Pattie disse sem rodeios – Ele infelismente faleceu meu filho –
Lagrimas rolaram dos seus olhos ao ver Justin chorar, eu me aproximei deles, e Justin ergueu os braços pra mim, me pedindo um abraço, eu o abracei forte e eu não sabia o que dizer, Justin não disse nada, apenas chorava. Depois ele disse:
- eu quero vê-lo!
Pattie disse : meu amor, mais tarde você vai vê-lo no funeral!
Ele chorou mais ainda ao ouvir a palavra “funeral” e me abraçou mais forte!
Ele foi dispensado do hospital, e Horas se passaram, Justin  e eu já estava em casa, Jr. ainda estava com minha mãe  e todos já estavam no funeral do Ryan. Justin disse:
- amor, eu quero ir ver o Ryan.
Eu: vamos, vou te ajudar a se vestir e nos vamos até la ok ?
Ele me abraçou forte e disse:
- porque amr ?
Eu: meu amor.. eu sei ele era seu melhor amigo! Mas .. Deus quis assim!
Justin olhou pra mim com os olhos cheio de lagrimas e disse:
- não tinha que ser assim!
Eu enxuguei suas lagrimas que escorriam enquanto ele me olhava e disse:
- vem, vamos nos arrumar!
Eu arrumei Justin e fomos pro carro, eu estava ainda com o carro da minha mãe, pois o carro do Justin estava acabado depois do acidente. Fomos ao funeral, todos estavam ao redores e o Ryan no meio, eles estavam fazendo uma oração, Justin estava com Chaz e Chris eles estavam conversando,  e justin estava em silencio, olhando pro chão e pensativo. Logo chega a hora do enterro, fomos pro enterro, Justin chorou e depois jogou uma rosa  e disse:
- vai em paz bro! – e lagrimas caiam
Eu me aproximei e o abracei forte, pois sabia que era isso que ele estava precisando no momento. Ele se aconchegou em meus braços e afundou sua cabeça em meu ombro, chorou ainda mais. Depois fomos pra casa da minha mãe, pegamos o Junior e Justin o Segurava emquanto eu dirigia e fomos pra nossa casa. Chegando la, Coloquei Jr. no Carrinho e o levei até o quarto. Depois voltei pra ajudar o justin a Sair do carro pois ele não podia fazer muito esforço.
~Meses se passaram ~
E Justin já havia melhorado completamente,   Chaz e Justin ficaram cada vez mais próximos . Bff Chaz e a Jessie estavam la em casa, a Jessie estava cada vez mais linda, *-* eu e a Bff estávamos conversando quando der repente ouçou um Grito....

O QUE ACONTECEU ? COMENTEM! COM 3 COMENTARIOS EU CONTINUO! BJS ;*

Capitulo 56

O medico diz:
- Ele já saiu da sala de cirurgia, e esta bem! Mas não poderá receber  muitas visistas hoje! Apenas uma pessoa poderá ir vê-lo agora.
Eu chorando, pego a mão da pattie e digo:
- pode ir você! É seu filho .
Pattie: Obrigada ( seu nome ), obrigada!
Pattie acompanha o medico, e eu fico la com o Jeremy e a Bff.
La no quarto com o Chris ~
O medico entra e diz: Bom, agora o pasciente precisa descansar .. amanha ele deve ganhar alta.
Chaz se despede de Chris e sai da sala, o medico fica e Chris pergunta:
- doutor, posso ver meu amigo ?
Medico: Ele acabou de ir pro quarto, mais so poderá receber uma visita, e pelo q me parece é a mãe q foi ver.
Chris: não não, eu quero ver o Ryan! Eu ainda não consigo acreditar q ele morreu!
Medico: Bom, não poderia fazer isso.. mas é até bom precisamos de alguém q possa reconhecer o corpo. Porque o rosto esta um pouco deformado.
Chris: e quando vamos ?
Medico: Amanha cedo, antes depois q voce tiver alta.
Chris: obrigada doutor.
Medico: agora você precisa descansar pra que amanha vc possa ter alta.
O medico sai e deixa Chris sozinho no quarto.
~enquanto isso Pattie ia até o quarto onde Justin estava para vê-lo ~
Ela entra no quarto, e vê Justin deitado na cama, com um negocio estendendo sua perna, e dormindo. Ela se aproxima e acaricia seu rosto, e escorre uma lagrima de seus olhos e acaba saindo sobre a face dele. Ela a enxuga e diz:
- meu anjinho,  você vai ficar bem logo ta ?
E espera alguma reação. Mas nada dele acordar, ela da um beijo em sua testa e fica lhe fazendo carinho. Por um tempo, e alguém bate na porta e entra. Era uma enfermeira,  olha o soro de Justin, e percebe que Pattie estava chorando. Ela se aproxima de Pattie e diz:
- Calma senhora, - ela diz colocando sua mãe sobre uma das mãos de pattie-  ele vai ficar bem!
- Obrigada! E se Deus quiser, bem rápido!
~enquanto isso la fora ~
Eu e a Bff esperávamos a pattie para sabermos ao certo como justin estava. Minha mãe chega no hospital com o Jr no colo e meu pai. Me vê e vem em minha direção. Ela segura o Jr com uma de suas mãe e com a outra me abraça! E diz:
- filha, como ele esta ?
Eu: a pattie entrou para vê-lo! Eu so vou poder vê-lo amanha! – digo estendendo o braço pra pegar meu filho no colo-
Mae: o minha filha, se acalme ele vai melhorar logo. – ela diz enquanto acaricia meu ombro tentando me confortar-
Eu apenas abraço meu filho,  e ficamos todos em silencio. Esperando a Pattie aparecer, de repente ela aparece com os olhos um vermelhos dando pra ver que ela havia chorado, e com uma expressão de tristeza, porem havia um pequeno sorriso no rosto. Ela pega o Jr no colo um pouco e diz:
- ( seu nome ) a enfermeira disse que ele vai ficar bem!
Eu suspiro aliviada, e digo: Cade o Chaz ?
Bff diz: Ele foi em casa dar uma olhada na Jessie que eu deixei com a vizinha e depois volta para cá!
Pattie diz: ( seu nome ) vá descanssar um pouco, durma e quando estiver descansada vc volta! Você parece estar exausta!
Eu: não não, vou ficar aqui o tempo todo! – me viro na direção da Bff – amiga, se quiser pode ir embora! Ficar com a Jessie, eu e a Pattie ficamos aqui!
Bff: amiga, eu vou sim! Mas amanha eu volto ta ?
Eu: ta bom amiga- eu a abraço forte – Tchau amiga!
Bff: tchau!
Ela vai e Jeremy vai com ela, pois precisava ficar com a Jazz e o Jaxon! Minha mãe foi pra casa e tbm levou o Jr com ela. E ficamos apenas eu e a Pattie la no hospital, de mãos dadas e cada uma fazendo sua oração mentalmente. Passamos a Noite em claro, rezando. Já estava de manha, era umas 6h ainda. Eu me levanto e vou ate uma pequena maquina de cappuccino que tinha perto da recepção e pego um pra mim e um pra Pattie. Logo uma enfermeira chega até nos, aquela que havia conversado com a Pattie dentro do quarto do Justin e diz:
....
O QUE ACHAAM QUE A ENFERMEIRA DIRA ?? ~COMENTEM COM 2 COMENTARIOS EU POSTO CAP 57 ;*